7 erros que você não pode cometer ao imprimir seu material gráfico

Impressão / 28 junho, 2018

7 erros que você não pode cometer ao imprimir seu material gráfico

Produzindo folhetos novos para sua empresa? Cartões de visita para seus clientes?

Produzindo folhetos novos para sua empresa? Cartões de visita para seus clientes? Na hora de imprimir seu material gráfico, ter uma gráfica online de confiança é fundamental! No entanto, apenas uma boa parceira para impressão não garante qualidade. Alguns problemas no arquivo enviado podem comprometer o resultado final, por melhor que a gráfica seja. Pensando nisso, elaboramos 7 erros que você não pode cometer ao imprimir seu material gráfico. Acompanhe!

 

Erro #1: Exportar em RGB

Arquivos em RGB (Red, Green, Blue) não foram feitos para impressão, mas sim para telas e mídias digitais onde os pixels são a menor unidade digital de imagem. Para impressão de materiais em gráficas online, é necessário que o arquivo esteja em CMYK (Ciano, Magenta, Amarelo e Preto).

Por isso, se o seu objetivo não for divulgar o material online, mas sim imprimí-lo, lembre-se sempre de criá-lo ou convertê-lo na opção CMYK. De vários fatores que podem fazer com que a aparência da cor não saia como a desejada, você com certeza estará eliminando o principal deles.

 

Erro #2: Não diferenciar os cortes

Alguns materiais, como cartão de visitas, flyers e folhetos podem ter cortes especiais para se tornar mais atrativos ao público que os receberá. Para que a gráfica online entenda o formato do corte que você optou, é importante que você desenhe a faca especial em cor Pantone, e mantenha o restante do arquivo em CMYK (conforme vimos acima).

 

Erro #3: Utilizar imagens em baixa definição

Elementos que vão para impressão precisam ser salvos em 300 dpi para garantir a qualidade da imagem. Arquivos salvos abaixo disso, mesmo que apresentem boa qualidade na tela do seu computador, sairão pixelados no momento da impressão.

 

Erro #4: Não utilizar sangrias

Você sabia que após a impressão, um folheto passa por um processo chamada refile? O refile nada mais é do que um corte nas laterais para limpar possíveis rebarbas. Mas, por mais preciso que o refile seja, ele pode sofrer alterações de até 3mm, e é aí que a sangria entra em ação. A sangrias irá demarcar exatamente onde deve ser feito o refile, alongando alguns milímetros o seu material para que ele não fique com margens brancas.

 

Erro #5: Não especificar o tipo de enobrecimento

Alguns tipos de enobrecimento, como hot stamping (efeito metalizado no material), verniz local (efeito brilhante apenas em alguns pontos) e relevo (área sobreposta ao impresso), precisam ser demarcados no material para que a gráfica online aplique no local certo.

 

Erro #6: Não converter textos em contornos ou curvas

As gráficas online não possuem todas as fontes existentes no mundo instaladas no computador. Por isso, antes de enviar seu arquivo, converta todos os textos em contornos (Illustrator) ou curvas (Corel Draw). Isso fará com que os textos se tornem uma ilustração, que poderão ser facilmente lidas e impressas pelo computador da gráfica online.

 

Erro #7: Desenvolver o material gráfico no Word

O formato final para impressão de qualquer material gráfico é o PDF/x1-a. Só ele garantirá qualidade e fidelidade do impresso em relação ao que foi criado digitalmente. Por isso, seja cartões de visitas, folhetos, banners ou catálogos, deixe de lado programas como Word e utilize softwares especializados de criação, como Corel Draw, Adobe Illustrator, Photoshop ou InDesign.

Evitando esses erros e seguindo nossas instruções, seus materiais terão mais garantia de um resultado como aquele que você imaginou quando viu a arte pelo monitor. E se você estiver precisando de uma gráfica online para ser parceira do seu negócio, conheça nossos serviços e entre em contato!

Comentários (0)

Faça um Comentário